Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

13 junho, 2008

E a Doidus Productions apresenta... Em homenagem ao Caçador de Pipas... lido tanto pela Ireuda quanto pelo Doidus:

Sohrab, o filho de André e Ireuda!

Hoje aqui no meu bloguinho,
um cenário diferente,
somos duas criaturas,
que vêm simultaneamente.
Vamos falar um do outro,
já fazendo um repente!!!

Eu topei o desafio,
a mim por ele lançado.
achei que fosse difícil,
pois nunca havia tentado.
mas foi tão gostoso quanto,
tomar nescau bem gelado.

Nesse caso vou servir,
aqui o nosso nescau.
Eu começo, você segue.
Isso vai ser bem legal.
Que comece o desafio,
e nunca tenha um final!

Ele está sempre disposto,
A conversar com a gente.
Pra ouvir e pra falar,
Ele só diz o que sente.
Nos ajuda a todo instante,
Não desiste facilmente!

Ela sempre tá disposta,
a ajudar com certeza,
acho até que se ela for
contemplada com riqueza,
vai partilhar com os amigos,
numa caixa de surpresa!!!

Se pensa isso de mim,
É porque pude provar.
Sei que me conhece bem,
Sabe que posso ajudar.
Desejo ser sempre assim,
Pra não te decepcionar.

Você não me decepciona,
pois já conheço teu jeito.
Todos temos qualidades,
e também alguns defeitos.
Se isso nós compreendermos,
De resto, tudo perfeito!

É um amigo de verdade,
Eu confio sem ter medo.
Detesta privacidade,
Mas sabe guardar segredo.
Nossas conversas são longas,
Começam de manhã cedo.

Têm dias que o nosso papo,
sobre tudo ou sobre nada,
sobre espada ou sobre escudo,
sobre carro ou sobre estrada,
Vai bem longe das três horas,
até o fim da madrugada!

Em quanto o sono não vem,
Somos boas companhias.
Eu pra ele, ele pra mim,
Enquanto passam-se os dias.
O papo é agradável,
Uma troca de energias.

Devo concordar com ela,
Pois sempre nos ajudamos.
Damos forças um ao outro,
E bons fluidos trocamos.
E cada vez mais unidos,
eu sei que nós dois estamos!

Estou falando do Dré,
Nosso eterno companheiro.
É realmente sincero,
Honesto e verdadeiro.
Portanto sua amizade,
Vale mais do que dinheiro.

Já o apelido dela,
é algo que eu trago à tona,
mesmo que ela agora me bata,
até eu cair na lona,
pra vocês que não conhecem,
se preparem: é a Donna!

Não gosto mais de ser Donna,
Pois faz parte do passado.
É só um bobo apelido,
E sei que escolhi errado.
Prefiro ser mesmo Ireuda,
É meu nome registrado.

Mas eu vou saber agora,
quanto que você me bate.
Vou te chamando de Donna,
mesmo que você me mate.
Foi essa a tua marca,
consagrada desde o chat!

Obs: Valeu Ireuda por ficar atenta à ortografia da poesia; troca de c por s foi grave!

Bom dia, boa tarde e boa noite!
Doidus!

5 Comments:

Blogger Odonata Anisoptera said...

Todo esse papo de filho e tal.. é só papo? Risos...
Abraços, Vani.

9:24 PM

 
Blogger Diniz! said...

E pra não ficar de fora,
Cá está um intrometido,
Que pra versos não tem hora,
Mas rimar não é comigo.
Mesmo assim eu voutentar,
falar desses dois amigos!

Ela adora roupa nova,
Por isso seu apelido.
Ele usa roupas velhas,
E já nem fala comigo.
A Vani ainda pergunta
Se são mulher e marido!

Pois eu digo que não são,
Daqui posso observar.
O amor dela eu bem sei,
onde ele deve estar.
Já o dele muda sempre,
Está em qualquer lugar!

E pra não cansar os olhos,
ou ouvidos de quem lê,
Vou terminando esta arte,
Já não há o que escrever,
Resta parabenizar
O talento de vocês!

12:09 AM

 
Blogger Luciana said...

Oi, estou passando por aqui, para dizer que sou mais uma skypista que teve o prazer de conhecer o André, e quero dizer que me sinto muito feliz de ser amiga dele, mesmo quando ficamos algum tempo sem nos falar, sinto muita saudade, e penso sempre nele, pois ele é um amigo querido e cativante, engraçado, amado e leal, sincero, e isso ele é mesmo, muito sincero.
Por essas e muitas outras qualidade que ainda vou conhecer pessoalmente, que quero ser sempre amiga do André, o eterno nescalista.
Bjs,

8:46 PM

 
Blogger Ireuda said...

Este comentário foi removido pelo autor.

11:33 AM

 
Blogger Ireuda said...

Esta poesia é maravilhosa; foi uma emoção indescritível. Cada verso era uma nova sensação pra mim e eu creio que pra ele também.

Não é à toa que dizemos que é o nosso filho virtual, pois foi construída dentro de uma sinceridade incontestável.

Valeu Dré!
Pela parceria e pela cumplicidade!

Forte abraço!

12:54 PM

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home