Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

22 janeiro, 2008

Como diria meu desafeto virtual: cumprimentos a todos, indistintamente!

Estou aqui para filosofar, despoetizadamente, sobre três itens:

O Eixo, a Roda e a Estrada

Alguém aqui já passeou de carro analisando cada componente? Ou se não toda a mecânica, as partes mais conhecidas? De vez em quando, eu fico pensando em como cada parte é importante, e como elas fariam falta. Veja a roda, por exemplo: gira, gira, parecendo que não sai da repetitividade, mas o carro, sem ela, não sairia do lugar. E que dizer do eixo? Bom, o eixo é pior ainda! Inerte, parado, sem vida. Coitado, de nada serve... Mas não se fica sem! Ele é o "parasita do carro", já que só serve pra dar mais peso, e com isso, gastar mais combustível. Mas quem quereria andar em um carro sem eixo? Acho que nem teria como, não é mesmo? E a estrada? Essa, não só não anda, mas ainda fica pra trás, sendo usada pra que os carros evoluam por ela, passem deixando marcas pesadas no seu coração, com as suas rodas traiçoeiras, mas fica firme, forte, consciente do seu papel. É um conjunto de componentes para uma evolução, que separados, não teriam valor algum, mas sempre, na união, tudo tem valor, e altíssimo, muitas vezes! Uma engrenagem que tem rodas dentadas indo para um lado, mas empurrando outras tantas para o lado oposto. Um ponto central, parado, sem valor, mas que ausente, poderia simplesmente desarticular toda uma situação!!! E é por isso que hoje eu encerro a postagem com a seguinte frase:
faça tudo esperando falhar, porque algum dia, você falhará a falha, e falhando a falha, fará algo certo!

Travativamente,
Doidus!

4 Comments:

Blogger Parablind said...

Você defende o ócio cada vez melhor, já está quase me convencendo!

12:46 PM

 
Blogger Odonata Anisoptera said...

Hahahaha... e na onda do esperando não acertar, está quase acertando a concordância do Parablind!
Na verdade não entendi muito bem a ligação entre o post e a frase derradeira... mas concordo: esperando falhar, e sendo a falha algo tão falho, quanto mais esperarmos falhar, mais acertaremos! Brilhante!

12:57 PM

 
Blogger Diniz! said...

Este blog está abandonado às traças! Precisa ser alimentado, visitado, comentado! Ele está com cara de quem tem medo do escuro...

6:14 PM

 
Blogger Diniz! said...

A propósito...
Não tenho medo do escuro, mas deixe as luzes acesas!

6:15 PM

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home