Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

24 novembro, 2007

Oi turma,

Lá vou eu, com a primeira postagem estando no Skype e escrevendo!

Mascarar

Estava eu juntando os comentários da Odonata, e o do Splyt, feito em off, que fala sobre como é difícil quebrar um paradigma, principalmente por fatores não só de conscientização, mas principalmente comerciais e fatores ligados ao fato de as pessoas pisarem umas nas outras, e me veio a musiquinha de um filme que, embora eu não assisti, tem a ver com o mundo em que vivemos:
MASQUERADE!!! Quer exemplo melhor do que esse tema, tocado no Fantasma da Ópera, pra identificar o ser humano? Hoje em dia, até uma amizade precisa de máscaras. Às vezes, a permanência de um amigo ao teu lado, significa ocultar um segredo, significa mascarar uma mágoa, ou mesmo não se doar tanto quanto se poderia doar, porque ninguém gosta de um amigo sufocante, e existem segredos que podem destruir toda uma amizade, se a pessoa não concordar com atitudes. Para obter um emprego, muitas vezes se mascara a consciência, quando se consegue um emprego por meio de Q.I. (quem indica). Até onde isso é sinal de um ser humano evoluído, que ainda precisa se ocultar pra mostrar sua capacidade e competência? E se isso é evolução, será que o ser humano ainda não é bem evoluído por não saber cometer crimes perfeitos? Se esse for o caso, prefiro ir, "mais uma vez para baixo, para a prisão da minha mente..." Me sinto mal por cada máscara que me ponho, mesmo as que os outros apontam, mas principalmente, aquelas das quais minha consciência reclama, porque dessas, não tenho como me livrar, a não ser gritando a tudo e todos: Vá agora! vá agora e me deixe... Porque escondido do mundo, máscaras são desnecessárias, mas expostos, se não nos mascararmos, podemos facilmente nos considerar caçados por todos, saudados com desprezo em todos os lugares...

Devolutivamente,
Doidus!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home