Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

30 outubro, 2006

Oi,

Essa postagem é mais pra mim do que pra publicar. Mesmo assim, vou publicar porque pode ser peça pra me remontar algum dia, se é que isso vai ser necessário. Também não vejo quem quereria me remontar. Afinal, se eu sou só eu, quem gosta de mim, se remontar sempre vai achar uma característica fora de lugar, e quem não gosta, não vai perder tempo. Além do mais, quem quer me conhecer, não vai conhecer totalmente por leitura. Num blog, na minha opinião, se coloca só coisas que você não quer incomodar amigos e no caso, se eu for remontado com isso, vão montar o meu lado pessoal, o que raramente aparece quando eu tô brincando, rindo, enfim, palhaçando com a galera. Mas como falei numa postagem anterior, o papel, eletrônico ou não, aceita tudo! Então o caso é mostrar pra ele. Ele não me condena, não critica, não faz coisas que ou atrapalhariam minha liberdade, ou demonstrariam que pra que eu tenha a minha, eu precisaria prejudicar a de alguém. Mas tudo certo, o fato é que meu humor não tá pra ânimo hoje. Tá pra reviver erro. Me diz se uma pessoa pode se considerar com sorte se até as coisas à volta dele dão erro, como aquele carro na calçada em 2005, na época da hiperbárica, que acabou fazendo com que eu fosse puxado com força pra ser retirado da reta dele ou melhor, da reta traseira dele, fraturando o braço? Tava em lugar errado e eu tive de voltar pra Pato Branco no carro trepidando, com o braço no gesso. Pra ver por que mais além dos próprios efeitos da hiperbárica, eu tive raiva daquele tempo. Me diz se é normal uma pessoa com eletrocardiograma por fazer, e justamente na minha vez do exame, o teclado do consultório falha? Me diz se é legal passar quatro anos tentando um tratamento pra osteopetrose, levando injeção atrás de injeção, pra dar falha? Tudo bem, aprendi Inglês, mas isso, é fora do corpo. Então, pra que eu tenho corpo? Será que saindo dele vai ter alguma outra coisa pra me dar azar? Macumbeiros de plantão, forcinha aí por favor! Vou fazer uma nova cirurgia e é amanhã. Se for pra dar erro, que seja o último!

Doidus.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home