Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

27 outubro, 2006

Fala turma!

Parece que a minha dupla personalidade tá querendo tomar o meu lugar; eu que não gosto de teclar, agora escrevendo quase todo o dia? Bom, mas enfim, já que ele quer... Solta a voz, supermalavox!

Sou Feito de Papel

Hoje eu acordei, ou melhor, me desdobrei pensando uma coisa: Como uma pessoa consegue acreditar que ainda vive hoje em dia? Se vive, essa pessoa não sabe o quanto de vidas roubou pra isso. Explico:
Pense na quantidade de árvores derrubadas para fazer um milhão de folhas de papel. Agora, pense nisso, multiplicado no mínimo por três. Carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento... Sem contar título de eleitor, certidão de óbito depois de morto, ou seja, morre roubando vidas... diplomas de escola e faculdade... E até pra se identificar se usa assinatura em papel! Ou seja, a fragilidade é tanta que falsificando uma assinatura, você é a pessoa e pronto. Aí, pra minimizar isso, tenta-se fazer a internet, a eletronização do papel... Mas aí te transforma em um número: Um ip, uma id, um endereço de perfil no Orkut... Falsificável igual, sabendo a senha da pessoa! Tenta-se montar fotos, vozes, e até cheiro se quer transmitir via internet! Fora o fato de que até pra se eletronizar, o contrato com o provedor, é feito de papel! Laudos de exame de sangue, raio-x, tudo! E tudo se rouba de árvores. Se ao menos se usasse folhas, recuperáveis pela natureza, mas usa a própria madeira! É pedir pra ser ridículo, né? Mas enfim, já que eu sou anti-regra, vamos voltar à internet, já que eu falei nela:
Tudo é tão protocolado nesse mundo, que até um cancelamento de conta depende de 48 horas, e ainda assim sem garantia total, afinal, por telefone só se usa palavra, e sem a assinatura de papel e uma testemunha do serviço feito, a pessoa pode falar uma coisa e fazer outra! Ou mesmo, fazer o que diz, pra lesar o consumidor, já que principalmente no Brazil, nossa constituição não é moral, é de papel! Veja bem: Quem aqui sabia que pagar ADSL/Velox e provedor é considerado ilegalidade, porque são duas taxas pro mesmo serviço? Quem aqui sabia que uma entrada bem dada no ProCon, pra eliminar o pagamento de provedor, pode ser bem sucedida? É a mesma coisa que IPVA e pedágio, na questão de automóveis! Dois pagamentos pelo mesmo serviço! Mas como contrato é de papel, e não moral, vale tudo! Portanto... VIVA O PAPEL!!! E pra quem mora no sul ou em Brasília, viva a PS5 que pelo menos cobra bem mais barato e só não deixou de graça por pressão dos grandes, né, turma Uol e Terra? Ah, e valeu turma do Blogger por deixar meu protesto público!

Até mais,
Doidus

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home