Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

26 outubro, 2006

Oi gente,

Segura mais um texto da Doidus Productions pra vocês:
A Hora do Remédio

Comprovadamente, existe remédio pra tudo neste mundo, desde uma dor de cabeça até uma pele espinhenta e pé chulezento. Mas no meio de tanto remédio, se esquece dos remédios psíquicos e psicológicos. Uns chamam de amigos, eu já chamo, egoistamente, de antidepressivos e relaxantes musculares em maus momentos. Por exemplo: com um amigo, você tem pra quem contar algum drama que possa estar ocorrendo com você. Isso te deixa menos tenso. Ouvindo as histórias dele, sendo boas ou ruins, você se distrai da tua. E novamente eu volto ao que eu sempre debato: a vontade humana de dominar constantemente. Até os amigos são na verdade uma tentativa mais politizada de competição; embora todo mundo ganhe nessa competição, mas sempre se compete alegrias, tristezas, novidades, tudo com o outro. Essa é o que eu chamaria de competição saudável. Sem essa competição, o ser humano fica vazio, fechado em si mesmo, e sem o seu poder de dominar, de ajudar o outro a definir o que poderia ou não fazer, impondo com isso a sua própria decisão no outro, mesmo sem usar as palavras "tem que" e "não pode". Mas se essa forma de agir já foi projetada no ser humano, vamos aproveitar esses remédios. Citando inclusive agora alguns amigos meus, lá vou eu analisar comportamento X nome:
Uma pessoa sorridente, com sorriso no rosto constantemente, raramente se abalando, seria um remédio pro rosto, já que uma pessoa sorrindo leva outra a sorrir. Karine, remédio pra cara, sem ser creme? Meio lógico, e essa amiga é assim. E musicalmente falando, quem já ouviu algum midi, han? Pois é, midi é aquele tipo de música instrumental que fazem com teclado e botam em disquete pra transmitir pelo computador ou com programas especializados. Tenho uma amiga chamada Midian que adora baixar playbacks, pra gravar por cima. E não canta mal não, viu! Mas Midian nome de remédio? Pode ser! Pra musicalidade interna das pessoas,etc. E falando em música, parece que a ligação de nomes realmente é forte:
Eliane já é relacionado, por causa daquele funkzinho trote da Eliana, como uma pessoa infantil. E aí vai uma lembrança pra minha amiga Lika. Sempre responsável, mas pende mais o seu lado criança entre amigos. E um amigo que tem tudo de remédio pra zoação e distorção de coisas, chama-se Evangel. Agora dividindo o nome: Eva Angel... Bem se vê que na história de Adão e Eva, ela por influência da serpente adorava causar pequenas confusões. O sujeito também é assim! Se vê que você se estressa, lá vai ele zoar. Fora outras pessoas aqui que teria pra comentar, como por exemplo, o nosso amigo MAQ, da www.bengalalegal.com, que sempre adora ser um Marco em alguma coisa. Até fez um livro pra deixar a história dele pros quatro ventos e vive se envolvendo com coisa pública relacionada a acessibilidade, etc, que sabe que vai aparecer o nome dele. O Marlon, (pensei em uma lona sendo usada pra parar o mar), que adora tanto ver gente estressada e constrangida que se ele pudesse parar o mar com uma lona só pra vê-lo revoltado, e só pra dizer que contraria o mundo, embora sempre esteja fazendo tudo que o mundo impõe,certamente o faria. E uma mulher com nome Aurenir? Parece nome de pedreiro, mestre de obras... "Aurenir! vai buscá o cimento!" Essa é remédio pra dominação de outras pessoas. Com um jeito de fazer o possível pra se dar bem com todo mundo, ela faz o que quer, bastando conversar aqui e ali... E vai se resolvendo. Mas antes que eu termine infernizando, ou infernando vocês, vai um alozinho pro Fernando Zamboni, um remédio pra teste de paciência. Gente boa, prestativa, mas descansado que só ele. Quer um símbolo de impontualidade? Chame o Fernando! Quer um símbolo de pessoa tocando um trompetezinho com a boca pra gente pensar que ele não tá nem aí e se revoltar? Chame o Fernando! Poderia me referir a outras pessoas mas agora eu esqueci. Porém parece que toda a pessoa já vem rotulada com a sua fórmula, se a gente analisar bem o nome. Todo o amigo é um remédio pra alguma situação. E eu, que remédio ou veneno seria pra vocês?

Doidus

1 Comments:

Blogger Odonata Anisoptera cor-de-rosa said...

...q anda de ré? ( se alguém fizer analogia com o comentário do seu bloqueado, poderia dizer q vc é veneno para si próprio)eu, prefiro te lembrar como alguém q anda, e como quem anda nunca está parado, está sempre inventando coisas, sendo veneno e remédio dependendo do ponto de observação. Sempre retórico (porém cheio de idéias bem fundamentadas), ninguém pode contigo, guri...tenho até medo do q vc dirá q eu sou (não me julgue pelo fato isolado, heim? risos). Abraço.

4:19 AM

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home