Pessoas doidas, malucas e críticas! Sendo amigáveis, podem postar comentários!

18 dezembro, 2008

Oi gente!

Mais uma postagem vem aí, dessa vez, de Ireuda e André de novo, com correção gramatical de Jordanna, a sobrinha da Ireuda! Aliás, nesse campo melhor não mexer com ela que tá mais afiada que nunca depois de ter passado no vestibular! Mas enfim, segurem aí:

O Carpinteiro

Tenho um conto a relatar,
mas não sei se é verdadeiro.
Nem sei se teve lugar,
num estado brasileiro.
Mesmo assim eu vou falar,
de alguém a se aposentar;
um idoso carpinteiro!

Ele demonstrou primeiro,
Que com isso pretendia,
Ficar perto da família,
Mas que também sentiria,
Muita falta do salário;
Por ser um bom funcionário,
Seu chefe um favor pedia.

Seu patrão logo dizia:
- Antes de se aposentar,
faça uma moradia;
um aconchegante lar.
Dê em seu último dia,
uma grande alegria,
a quem nela vai morar.

Apesar de não gostar,
Ele decidiu fazer.
Sem qualquer entusiasmo,
Assim quase sem querer.
E não usou na verdade,
Material de qualidade,
Para a tal casa erguer.

Veio assim escolher,
um mau final de carreira.
Não quis assim obter
material de primeira.
Só teve a oferecer,
botando a casa a perder:
prego ruim, podre madeira!

Construiu a casa inteira,
E o seu chefe chegou.
Pra fazer a inspeção,
E a ele entregou,
A chave e disse assim:
- A casa é sua enfim,
Por tanto que se esforçou.

O carpinteiro ficou
surpreso ao perceber,
que o pouco que trabalhou,
justamente iria ser,
na casa que lhe entregou,
depois que inspecionou
o patrão, para viver!

Fez a casa sem saber,
Que seria um presente.
Se soubesse ele teria,
Feito tudo diferente.
Que isso possa servir,
De exemplo ao construir,
A vida daqui pra frente.

Ao leitor inteligente,
guarde bem essa lição:
dê sempre o melhor que sente
possuir, no coração.
Pois a vida de presente,
lhe devolve simplesmente,
o retorno! O galardão!

Porque essa construção,
Será nossa moradia.
Então vamos construir,
Sempre com sabedoria.
Não sei quem fez essa história,
Mas trouxe muita vitória,
Para a nossa poesia!

3 Comments:

Blogger Ireuda said...

Quero agradecer o dré,
Por essa publicação.
Muito obrigada à Jordanna,
Pela boa correção.
Também agradeço a Deus,
Pelo dom dos versos meus,
E por nossa inspiração.

E a você visitante,
Também venho agradecer.
Por sempre entrar aqui,
E toda postagem ler.
Deixe então seu comentário;
Seu apreço é meu salário,
Pois compor é meu prazer!

9:48 PM

 
Blogger Odonata Anisoptera said...

Mas e precisou de correção?

1:19 PM

 
Blogger Diniz! said...

Tipo... Muito bom! Parabéns ireuda e Bybo que me ignora constantemente!

11:43 AM

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home